terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

o amor é feio

o amor é um sentimento feio que precisa de muito cuidado para não morrer ou crescer de forma grotesca bizarra estranha e, então, num piscar de olhos, transformar-se em sua agonizante horripilante sufocante antítese.

2 comentários:

mariana b. disse...

o amor é uma plantinha que precisa ser podada, regada e receber inseticida. caso contrário, vira erva daninha.

beijos!

Lucas Soares disse...

concordo contigo apesar de acreditar, vez em quando, que seja o contrário. o amor pode ser aquela lagarta feia, aquele casulo sem vida aparente e, e, então, uma borboleta colorida... pot vezes o amor é caótico, mesmo em meio a qualquer calmaria rs

beijos!