quarta-feira, 25 de novembro de 2009

No surprises.

minúsculo, assim como a alma encontra-se agora.
pequeno, assim como a mente avisa.
no domingo, vinte e um anos foram feitos.
vinte e um anos, a maioridade, a maior idade. a idade maior.
e mais uma vez a represa está cheia.
ou então o vazamento de outrora não fora suficiente para esvaziá-la e deixá-la mais segura.
aninha...
andy...
todos encontrando-se nessa efusividade ensandecida.
encontros, desencontros. surpresas. muitas surpresas, diga-se de passagem.
no surprises, indeed.

21. vamo' que vamo'.

Um comentário:

Daniela Dias Ortega disse...

Ai, eu odeio fazer aniversário. Ainda bem que é no início do ano, e todos tendem a esquecer... ainda bem. Não consigo fingir felicidade eterna. Talvez um dia eu mude e comemore.
Lucas. :)