terça-feira, 26 de maio de 2009

SIDE B

Para ouvir ao som de Last Flowers, Radiohead.
(escolha de Andy: o curta sobre a vida de Aninha tem esta música como trilha principal)
Travei um diálogo mental muito grande comigo hoje. Tive medo. Fiquei triste. Feliz. Andy sabe muito bem. Ao mesmo tempo que tenho vontade de ter uma verborragia aqui, quero me calar. Porque me calando, estaria justificando um final de batalha. Não que tenha sido um final positivo. nem negativo. mas sim um final de batalha. Eu me indigno com quem "me entende", porque nunca entendem. E com quem finge entender a indignação é maior ainda. Tive hoje tantas ideias... Repassei tantas outras. Vomitei outras mais. É preciso fazer isso de vez em quando. Como disse, é uma coisa dualística. Ao mesmo tempo de tanta pontuação, com sentenças minúsculas e marcadas, tenho vontade de me jogar dentro de uma incessante e eterna sentença que traduza a gritaria que insiste em permanecer nos meus mudos ouvidos neste silêncio ensurdecedor que não acolhe e sim fere. Ou então sentar com um cigarro um pedaço de papel uma caneta preta e escrever escrever escrever. não, .............................................................................
..........................................................................................................................................................................
escrever? Então. Eu queria muito escrever contando do meu dia, que por acaso foi bom. Não que eu tenha tido dias ruins, com exceção do domingo. Mas é que. Você sabe. Andy, em dado momento da conversa, virou-se pra mim e disse que ia atrás de Aninha. Desaprovei. Não acho que ele tenha entendido como as coisas realmente são. Ou não entendeu, ou não aceita. ou. Engraçado, né? ou isso ou aquilo ou este ou aquele ou esse ou.

Eu quero mais certeza do que a certeza do real: quero muito me livrar desse simulacro. quero.
If you take me there you'll get relief...
If you take me there you'll get relief...
too much, too bright, too powerful.
too much, too bright, too powerful.

Nenhum comentário: