quarta-feira, 1 de abril de 2009

THE NATIONAL ANTHEM

Hoje passei o dia inteiro fazendo duas reportagens pra aula de amanhã na faculdade. Tive sim uma semana, mas gosto de um perigo e deixei tudo pra última instância. Fiz uma matéria sobre como o cinema internacional está hoje em dia, por causa da crise financeira, passando pelo tão falado Bollywood e cinema independente. Daí fiz uma contraposição com o cinema brasileiro. Gostei da segunda parte, sobre o cinema brasileiro. Não sei se porque a palestra com o Fernando Meirelles me clareou alguns aspectos, ou se porque eu realmente gosto do cinema brasileiro e escrever sobre ele foi legal. Enfim. Preciso fazer uma outra reportagem sobre o Diploma dos Jornalistas, mas ainda tenho tempo para falar sobre isso. Ainda mais que o julgamento foi adiado para amanhã.

No rádio tá tocando Hold Tight, do Dave Dee, Dozy Beaky, Mick & Tich. Vou aproveitar o cheer up que essa música dá e vou tomar um banho para assistir Lost AND Prison Break (não sei porque demônios não tinha assistido ainda aos episódios 14, 15 e 16, da quarta temporada).

Talvez eu consiga um estágio nos dias que estão por vir. Se conseguir, céus, Yorke sabe quanto tenho esperado por isso. E graças à Mariana está praticamente sendo possível. Esperemos.

Enfim. Fui-me.

Uiê, que post brega.

2 comentários:

Jura disse...

Boa sorte com o estágio!
Fiquei curiosa com sua reportagem.
Beijos!

Cynthia disse...

Entendo a ideia de perigo. É algo que eu faço desde o meu primeiro semestre na faculdade. Coisa que desde então anuncio mudar, mas sempre mantenho. Às vezes penso que assim sai melhor, outras que seria mais produtivo me preparar com mais calma. No final, a preguiça é que me domina, e fica tudo na base da procrastinação mesmo.