terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

IN THE COLD LIGHT OF THE MORNING

Desejar o que é praticamente impossível ter é válido? Se for, continuo desejando. É aquela coisa de se querer ter o que não pode, o que não é possível. Mas, será que o impossível é criado por nós mesmos? Agimos numa antítese a nós mesmos? Acho que tô viajando um pouco. Talvez a mistura grande de sentimentos cause isso. Antigos desejos foram despertados levemente nesta manhã. Outros, através de uma foto. E aqui venho eu indagar se estes desejos (impossíveis, praticamente) são válidos de minha tentativa.

Aulas foram boas, ontem e hoje. Ciao.

2 comentários:

T. Berkowitz disse...

mas será que existe o 'impossível' ? já pensei que tanta coisa seria impossível e consegui.... acho que não existe algo impossível, basta ter certeza que você quer isso, e ir atrás. soa bem clichê... mas ok.

daria tudo pra saber que desejos são esses.
o calor me deixa pra baixo.
saco.

saudades de você!
muitas!
<3

Daniela Dias Ortega disse...

Eu lembrei do Paulo Coelho... ele sempre diz que nossos verdadeiros sonhos nunca vão embora completamente. ='