sexta-feira, 8 de agosto de 2008

IT'S SO NAIVE

Um bar, cinco amigos. Várias piadas, amores trazidos à tona. Piadas de amor, amores de piada. Sentimentos que, após um tempo hibernados, acordam. Confissões, verdades, mentiras. Incertezas. Cerveja. Cigarros. Queria poder falar abertamente tudo que me vem à mente. Privo-me simplesmente pela incerteza do que minha mente diria. Me trairia. Em português errado, o imperfeito não participa do passado. Apesar de todos os pesares, anos de afastamento, tantas mudanças, tantas experiências, nós nos entendemos. E eu me entendo a cada encontro. Me desconheço, mas me entendo. Comigo, com ela. Com outros e outras. Em um bar, com cinco amigos.

5 comentários:

Lucas Moura disse...

acho que sei mais ou menos como é isso que vc descreveu.

e aquelas foram sim minhas férias, acredite. hahahaha. abraço lucas (:

mariana disse...

queria ter alguém com quem pudesse rir do passado.

lucas, querido, qual é teu msn?
o que eu tenho teu ainda é aquele em que o nick tá 'this is fact not fiction' hehe

beijocas!

Luca Souza disse...

Mto bom... gostei da maneira que tu escreve. tem um Q de beat, que particularmente eu adoro.

http://www.baufragmentado.blogspot.com/

starf***er disse...

preciso disso...
divide?

Lu disse...

gosto de rir do passado, é bom.
em um bar, com cigarros, todo mundo precisa disso.

nessas horas, tudo parece mais significante. ou não...

:}
besos