domingo, 29 de junho de 2008

ANINHA

Aninha queria era deixar o cigarro de lado, consumir menos álcool (ou não consumi-lo at all) e não se preocupar com questões existenciais, importantes e vitalmente inúteis. Tudo que ela queria era poder ter a chance de ter aquela pessoa. E ela não mentia que fosse só por um instante, como os desvairados de amor dizem em suas canções, em seus ensaios, livros. Ela está praticamente de férias e talvez preocupe-se menos neste período, mas, tudo uma questão de influências. Ao som de Girl From Mars, ela tem a certeza de que não tem a menor idéia do que sua vida está lhe preparando. E termina a noite dançando róque, baby.

2 comentários:

' arcano disse...

Aninha é uma garota de sorte.

mari_bondo disse...

nossa, gostei muito!