terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

PODERIA

Poderia falar da insensatez, do que ando sentindo. Mas não num sentido prático e geral. Apenas uma visão corriqueira do comum. Do certo. Do usual mesmo, do bê-á-bá. Mas, hoje estou cansado. Cansado de tentar o escancaro. De tentar essa manutenção grotesca perante o mundo. Perante aos ínfimos seres que por vezes sou obrigado a conviver. Cansado dessa inconstante vertente. Dessa inviável e diferente forma de interação. Entre o que acontece e é certo e o que acontece e é aceitável. Hipocrisia, na verdade. Vou parando aqui, apenas me atendo a um bom livro, com um olhar manso à minha cama, lugar o qual me ouve e me acolhe sem qualquer custo.

3 comentários:

Joana disse...

A nossa "liberdade de expressão", por vezes se mostra tão inexistente. Ás vezes tenho vontade de falar tudo, despejar mesmo, mas ai me pego pensando na reação dos outros, em como isso acarretaria problemas.
Um dia crio coragem, quem sabe!

x mah disse...

As vezes é melhor deixar subentendido luke... espero que esse sentimento passe, agente tem que viver no agradável, nos faz bem.
estou lendo um livro e acho que voce iria gostar muito, achei sua cara
'A interpretação de sonhos' do Freud. mas o volume II, porque o I é complexo demais e muito específico de psicanálise, o volume II é um pouco mais leve!
Acho que voce iria gostar, como eu disse, lembrei muuuito de voce!
um beijo lindo

Lika disse...

já parou pra pensar que a pérola é um grão de areia que ao incomodar a ostra faz com que essa embrulhe a dor em uma bélissima textura e exuberante brilho para que possa oferecer ao mundo?